Falando sobre...

Filtro solar! Qual sua importância e qual a diferença entre protetores e bloqueadores solares!

09:29

Olá, meninas! Hoje venho tratar de assunto importantíssimo e que é muito valorizado hoje em dia: FOTOPROTEÇÃO!
Todo mundo já sabe que os raios UVA, UVB (e até mesmo UVC!) causam danos irreversíveis à nossa pele como manchas, envelhecimento precoce e câncer de pele. Para evitar isso, devemos adotar medidas que amenizem tais efeitos.
Chapéus, bonés, óculos de sol, guarda-sol, são medidas de fotoproteção, mas não são suficientes para evitar totalmente os danos causados pela exposição solar.
É aí que entra o filtro solar! Filtros solares são os principais ativos presentes nos produtos destinados à fotoproteção. Eles são classificados conforme sua estrutura e espectro de ação (ou seja, a capacidade de cada ativo para proteger contra raios UVA, UVB ou UVA e UVB juntos).
Quanto à estrutura química, são divididos em filtro químicos (orgânicos) e filtros físicos (inorgânicos). E é isso que diferencia protetores de bloqueadores solares. Protetores são os que possuem filtro químicos em sua fórmula e bloqueadores os que possuem filtros físicos.
Filtros químicos: reagem quimicamente contra a radiação, transformando os raios ultravioletas em raio menos ofensivos à pele. Protegem mais contra UVB, e são capazes de provocar reações alérgicas se utilizado em altas concentrações no produto. Não muito recomendado em peles sensíveis. Exemplos de ativos químicos: benzofenona-3, benzofenona-4, avobenzona, etc.
Filtros físicos: reagem como uma barreira física contra a radiação, refletindo os raios incididos sobre a pele. Refletem tanto UVA, quanto UVB. Normalmente os que mais encontramos no mercado hoje em dia. Exemplos de ativos físicos: óxido de zinco e dióxido de titânio.
Eu mesma montei o esquema abaixo para vocês entenderem melhor:

Além disso meninas, é necessário sempre adequar o caráter da fórmula de acordo com seu tipo de pele. Se a fórmula for mais oleosa, as pessoas de pele seca, madura (e até normal) podem utilizar sem problemas (aliás até ajuda um pouco na hidratação!). Já pessoas com pele mista à oleosa, procurar utilizar produtos livre de óleo, géis ou emulsões menos oleosas (no caso leites!)
Espero que este post seja útil para vocês, pois o criei com muito carinho utilizando como base tudo o que aprendi na faculdade! Qualquer dúvida deixe nos comentários! Um beijo enooorme e até o próximo post! 




Você pode gostar também

0 comentários

Último Vídeo

Curta a fanpage